• Segunda à Sexta-feira - 8h às 18h
12 de junho de 2018 Postado por: Categoria: Evento, Notícias

biblio-isaiaspaimCampo Grande (MS) – A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaias Paim, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza no próximo sábado, 16 de junho, a partir das 9h30, a 4ª edição do Sarau Cultural, desta vez homenageando os 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil.

O objetivo é valorizar a cultura japonesa, prestigiando os artistas presentes aqui em Campo Grande. Haverá um bate-papo cultural com Celso Higa e o jornalista Eron Brum, apresentação do Grupo Sakura, Grupo Ryukyu koku Matsuri Daiko, projeção fotográfica com Roberto Higa, Grupo Seishun, cantoras Meire Mary Obabayashi e Karina Lima, decoração temática com raicais de Tânia Mara de Souza e  História do Sadako e os 1000 Tsurus, com Alexandre Garcia.

O Sarau Cultural nasceu de um anseio de que a Biblioteca não fosse apenas um lugar de leitura. “Acreditamos que o papel dela deve fazer todo diferencial, que as linguagens do conhecimento que devam possibilitar novas descobertas e fomentar a cultura de forma geral também é uma proposta que queremos. O sarau foi pensado com o intuito de compartilhar experiências vividas em música, teatro, com artistas locais”, explica a coordenadora da Biblioteca, Eleuzina Crisanto de Lima.

A Biblioteca se preocupa muito em sempre pensar estratégias para melhorar cada vez mais a qualidade como um todo para os leitores e comunidade geral, bem como ações que auxiliam o incentivo à leitura, visitações ao Espaço, atividades e projetos culturais. Sua Missão é promover o acesso a informações e propiciar o conhecimento à população, garantindo e facilitando o acesso às linguagens do saber, bem como estimular a imaginação e criatividade, promover o conhecimento cultural, apreciações literárias e artísticas.

A Imigração Japonesa no Brasil começou oficialmente no início do século XX, no ano de 1908, quando o navio Kasato Maru aportou em SP, trazendo 781 lavradores para fazendas do interior paulista. O fluxo cessou quase totalmente em meados de 1973, com a vinda do último navio de Imigração Nippon Maru, contando-se quase 200 mil japoneses estabelecidos no País.

Atualmente, o Brasil abriga a maior população de origem japonesa fora do Japão, com cerca de 1,5 milhão de nikkies, termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes. Atualmente, estima-se que haja mais de um milhão de nipo-brasileiros, cuja maioria reside nos Estados de São Paulo e do Paraná.

O Sarau da Biblioteca é aberto ao público e a participação é gratuita. A Biblioteca Estadual Dr. Isaias Paim fica no 2º andar do Memorial da Cultura e Cidadania (avenida Fernando Corrêa da Costa, 559). Mais informações pelo telefone (67) 3316-9161.

Programação

Bate papo Cultural com Celso Higa (engenheiro, cinéfilo e estudioso da cultura japonesa) e Eron Brum (trabalhou da Folha de SP/Tribuna de Santos e professor universitário aposentado).

Grupo Sakurá – Associação Nipo-Brasileira

(Coordenação: Priscila Okama , Miti Miyashita, Dora Nakkoud)

1° Minie (música japonesa)

2° Karaokê com Mariana Yassuda- Tokino Nagare mio makasse

3°Olé Champion

Grupo Ryukyu koku Matsuri Daiko- Representante Daniel Shoiti Suguimoto

“Tambores Festivos do Reino de Ryukyu’’

Projeção Fotográfica –Roberto Higa

Grupo Seishun– Representante Camila Harumi Zaha. (Dança)

Meire Mary Obabayashi – Cantora

Karina Lima – Cantora

Tânia Mara de Souza com A decoração Temática (raicais) e  História do Sadako e os 1000 Tsurus – Alexandre Garcia.

Fonte  – Biblioteca Isaías Paim

Arquivos