• Segunda à Sexta-feira - 8h às 18h
20190405_160902_0001
5 de abril de 2019 Postado por: Categoria: Crônicas

Num reino tão tão distante…

Numa sexta-feira de outono num reino tão distante de nome Brasília…

Assim poderia ser mais um enredo de uma história para os pequenos, nasce um conto de fadas ou uma guerra entre o bem e o mal, com monstros bruxa má, e tudo mais que uma história lúdica tem direito, fazendo assim que a criança desperte para o saber e o ler de uma forma mágica.

Esse encantamento permeia a mente dos leitores kids fazendo assim um momento de faz de conta se transforme numa doce realidade, com o pozinho mágico ou poder conferido a um príncipe de um reino gelado, por isso dia 02 de abril se comemora Dia Internacional do Livro Infantil, a data foi escolhida para homenagear o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.hans-christian-andersen

Ficou curioso(a) né então leia atentamente e descubra o que João e Maria tem em comum com sua amiga de Floresta Chapeuzinho Vermelho e que os três porquinhos sofreram tanto para ter sua casa própria:

A data não foi escolhida ao acaso, já que o dia 2 de abril é o aniversário de nascimento de um dos mais importantes nomes da literatura infantil, o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, não foi o primeiro a escrever para o público infantil, mas é considerado o primeiro autor a adaptar fábulas já existentes para uma linguagem mais adequada ao universo dos pequenos. Foi dele a ideia de transmitir, por intermédio de antigas histórias, moral e valores, concepção que ainda não havia sido abordada por Charles Perrault, considerado o pai da literatura infantil, e pelos Irmãos Grimm, que apenas adaptavam as histórias cujos finais não eram tão felizes assim…

download-4No Brasil, nomes como Ana Maria Machado, Ruth Rocha, Pedro Bandeira, Tatiana Belinky, Lygia Bojunga, Ziraldo, entre tantos outros, há anos divulgam a literatura infantil, que por aqui é comemorada no dia 18 de abril, dia que marca o aniversário de nascimento do precursor do gênero no país, o escritor Monteiro Lobato, que não só produziu clássicos da literatura infantil, vide as histórias do Sítio do Picapau Amarelo, como também traduziu e adaptou clássicos mundiais, como Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, e Robin Hood, lenda inglesa recontada por vários escritores.

Com isso a infância fica mais leve e a criançada desperta para um mundo maravilhoso que é a leitura, então que tal parar alguns minutos de olhar notificações daquele aplicativo e deixar se envolver ao ler uma história infantil para seu filho, irmã caçula, afilhado, alunos que frequentam a biblioteca escolar, ou para relembrar os bons tempos ler para si mesmo o seu livro predileto naquela época que os pensamentos ainda não eram povoados por boletos.

See you ♥♥

Ana Karina Fraga ♥ Bibliotecária e Cronista ♥ CRB1 – 1887



Arquivos
abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930