• Segunda à Sexta-feira - 8h às 18h
whatsapp-image-2018-10-04-at-12-14-18
4 de outubro de 2018 Postado por: Categoria: Notícias

Secretário Executivo do CICIB afirma que bibliotecário deve ser cada vez mais crítico

“A sociedade quer outro tipo de informação. O bibliotecário deve ler nas entrelinhas e deve ser cada vez mais crítico”, diz o Secretário Executivo do Comitê Interinstitucional de Cooperação Informacional e Bibliotecária (CICIB), Emir José Suaiden como um recado aos bibliotecários no I Colóquio de Informação do comitê ocorrido na última quarta-feira, 26 de setembro, na Universidade de Brasília (UnB).

O objetivo foi discutir a temática das Fake News ou notícias falsas. O tema tem estado na pauta dos grandes meios de comunicação. Principalmente, com o foco em interferências com notícias falsas para divulgar uma ideia, atacar uma pessoa, partido ou instituição.
Participaram nomes como Fábio Lima Cordeiro, Presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia da 1ª Região (CRB-1), Gerald Leitner, Secretário da IFLA , Ricardo Gandour, Diretor-executivo de Jornalismo da Rede CBN, Leonardo Cavalcanti, Correio Braziliense, Marlova Noleto, Diretora da UNESCO no Brasil, Glòria Pérez-Salmerón, Presidente da IFLA, Gerald Leitner, Secretário-Geral da IFLA, entre outros.
Para ajudar com a diminuição das fake news, o CRB-1, representado por Cordeiro, está realizando o censo dos bibliotecários. O censo trará informações importantes como o índice de desemprego e faixa salarial da categoria, entre outros. “Os dados do censo vão evitar achismos e assim vamos evitar fake news sobre o perfil da profissão”, completa.

Na ocasião, o Secretário da IFLA, Leitner falou dos desafios que o campo da biblioteca enfrenta com a globalização crescente, que segundo ele, só podem ser superados com uma resposta global e inclusiva de um campo de bibliotecas unificadas e dispostas a juntar forças e esforços. “A federação envolveu milhares de bibliotecários e amigos de bibliotecas na discussão da Global Vision ou Visão Global da IFLA, empreendimento que gerará um roteiro de campo da biblioteca unificada para o futuro. Convoco jovens e adultos a participar das discussões. Basta entrar em nosso site e deixar sua ideia de ação. É muito importante a participação de todos, pois caso contrário se perde a força como um todo”, salientou.
Para Glória, todos devem conhecer mais profundamente assuntos como o big data, as possibilidades da internet e inteligência artificial. Segundo ela, é importante entender como deve ser o usuário do futuro. De acordo com Gandour, o jornalismo é o exercício do pensamento diário e da dúvida. O excesso da certeza abre espaço para o autoritarismo. Ele acrescenta que o jornalismo de qualidade incomoda alguns e por isso, o jornalista sério não deve aceitar nenhum tipo de presente.

O evento foi criado pelo Comitê Interinstitucional de Cooperação Informacional e Bibliotecária (CICIB) com a intenção de promover a articulação interinstitucional, nacional e internacional, em todas as frentes e atuação da Ciência da Informação.

Thais Betat / Assessora de Comunicação – Jornalista

Tags:, ,

Arquivos