• Segunda à Sexta-feira - 8h às 18h
dia-mundial-do-trabalho-1-de-maio
3 de maio de 2019 Postado por: Categoria: Crônicas

Trabalhar, para informar!!!!

Sexta-feira é dia de que? Calma antes daquele happy hour com a galera do Processamento Técnico é dia de trabalho também, exercer o direito e dever de informar, de contribuir com o conscientizar do saber formar cidadãos aptos para lutarem por algo melhor, independente da área de atuação.

E onde está o Bibliotecário? – Aonde ele quiser estar. Procura informação e lá está o agente transformador, quer atualização de dados, pode chamar que também vemos o Cientista da Informação.

Crianças, adolescentes, adultos em alfabetização aqui tem “tia da biblioteca”, como carinhosamente como nos chamam. Opa querem pesquisas com dados precisos, fatos históricos, o Bibliotecário está à disposição. Não importa área de atuação, se é escolar, especializada, centro de informação, o que se tem é uma enorme vontade de contribuir para o melhor sempre. Então nada mais justo que nós façamos coro com os demais profissionais das mais distintas áreas e comemoremos o nosso Dia do Trabalhador.images

Ah claro que não ia esquecer-se de quem? Dela a minha best a pesquisa. Vamos entender como se deu início à comemoração do 1º de Maio como o Dia do Trabalho / Trabalhador. Como começou?

Dia do Trabalho, também conhecido como Dia do Trabalhador, é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios e de conscientização. A celebração remonta ao ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago, nos Estados Unidos. No dia 1º de maio daquele ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias.

No Brasil, relatos evidenciam que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em 26 de setembro de 1924 que o dia se tornou oficial, após a criação do decreto nº 4.859 do então presidente Arthur da Silva Bernardes, estabelecendo a data como feriado nacional, destinado à comemoração dos mártires do trabalho e confraternização das classes operárias. Já nas décadas de 1930 e 1940, o presidente Getúlio Vargas passou a utilizar a data para divulgar a criação de leis e benefícios trabalhistas. O caráter de protesto da data foi deixado de lado, passando assumir um viés comemorativo. Vargas passou a chamar a data de “Dia do Trabalhador”. Foi em 1º de maio de 1940, por exemplo, que o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo.

A única arma que devemos usar é informação para combater a ignorância ou qualquer outra situação que não colabore com o saber.

Por isso bom trabalho sempre !!!!

See you ♥♥

Ana Karina Fraga ♥ Bibliotecária e Cronista ♥ CRB1 – 1887



Arquivos
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031